Política

MÍDIA GOLPISTA

Globo tenta não mostrar, mas não há como esconder dezenas de milhares nas ruas

A manifestação contra o golpe hoje em São Paulo reuniu quase 100 mil pessoas. Quase que misteriosamente, a grande mídia, defensora do governo golpista, não publicizou boas imagens em sua cobertura da manifestação.

domingo 4 de setembro| Edição do dia

Hoje ocorreu em São Paulo uma grande manifestação contra o golpe institucional que se consolidou no meio da semana. A manifestação chegou a reunir quase 100 mil pessoas, cobrindo uma percurso de 2,5 km de jovens, trabalhadores, famílias que não aceitarão o governo golpista.

Misteriosamente a Rede Globo - conhecida mídia golpista -, que possui grandes e modernos aparatos midiáticos, com seus helicópteros que sobrevoaram o ato desde sua concentração, não mostrou imagens aéreas em que aparecesse os 2,5km de extensão do ato, mostrando as dezenas de milhares de pessoas presentes. As imagens da Globo restringiram-se a imagens próximas, de pequenos grupos reunidos, e as únicas imagens aéreas mostram o início do ato em sua concentração, muito antes do seu auge onde reuniu as mais de 90 mil pessoas. Claro que a Globo, assim como a grande mídia que incentivou a repressão em seus últimos editoriais, fez excelentes imagens da Tropa de Choque - obviamente excluindo o momento em que ela avança sobre o final na manifestação com bombas de gás, sem nenhuma justificativa.

Será que a Globo, com todo seu aparato e tecnologia, simplesmente não conseguiu boas imagens? Ou talvez mostrar a realidade ali na rua faria com que todos os que assistiam ao ato em suas casas vissem que não tratava-se de apenas 40, mas de mais de 90 mil nas ruas gritando pelo "Fora Temer". Assim com a grande mídia que não quis mostrar imagens reais, a PM não quis informar suas estimativas de público.

E assim, mais uma vez, a Globo e a grande mídia mostram seu caráter golpista, que é a cara da imprensa que fez grandes coberturas dos atos da direita em defesa do impeachment, e que estampa em suas manchetes que manifestações pacíficas, como a de hoje, foram palco de "confronto entre manifestantes e policiais", escondendo as imagens que mostram o início gratuito da repressão contra manifestantes pacíficos.




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Governo Temer   /    São Paulo (capital)   /    Política

Comentários

Comentar