Globo tem acesso a estudantes presos em SP, mas suas mães não

No 3° Distrito Policial, onde parte dos estudantes presos ilegalmente por Alckmin está, a Globo pode circular livremente, mas as mães mal podem falar com seus filhos presos.

sexta-feira 13 de maio de 2016| Edição do dia

16 estudantespresos ilegalmente sem mandado judicial hoje pela polícia de Alckminestão no 3° Distrito Policial de São Paulo. Diana Assunção, diretora do Sindicato de Trabalhadores da USP, está lá e relatou:

"Estou agora no 3° Distrito Policial acompanhando mães, professores e estudantes que estão pedindo a liberdade imediata dos 16 estudantes da ETESP que foram presos hoje. TV Globo está tendo livre circulação na DP, as mães mal podem falar com seus filhos."

Seguimos acompanhando a situação dos mais de 50 estudantes que foram presos em, até o momento, quatro reintegrações de posse feitas ilegalmente pelo governo de Alckmin.




Comentários

Comentar