Política

CORRUPÇÃO

Geddel, o amigo de Temer com as malas de dinheiro, é preso

O amigo de Temer, dono dos R$ 51milhões apreendidos voltou a ser preso.

sexta-feira 8 de setembro| Edição do dia

Foto: André Dusek/Estadão

Geddel Vieira, ex-ministro de Temer e importante cacique do PMDB voltou a ser preso. O político da Bahia já foi ministro de Lula e Dilma também. O cacique do partido de Temer voltou a ser levado preso depois da descoberta de uma fortuna de R$ 51 milhões em um bunker atribuído a ele. Geddel cumpria prisão domiciliar.

A fortuna encontrada com Geddel gerou grandes discussões nas redes sociais brasileiras, o troco para propina que ele guardava é uma soma impressionante que nem em sorteios da loteria são entregues. Porém Geddel não é uma exceção mas uma cara mais caricata da podridão da política capitalista do país.

Saiba mais: R$ 51 milhçies em propina no bunker de Geddel contabilizam a podridão do regime

Geddel era importante articulador político de Temer, tendo um papel de destaque em seu governo junto a outros caciques do PMDB como Padilha, Jucá e Moreira Franco. Saiba mais sobre quem ele é lendo essa reportagem.

Sua prisão pela PF e as rápidas operações que essa força tem realizado, tendo como alvo aliados de Temer, mostra que essa força pode colocar alguma resistência à intervenção que o governo pretende realizar.

Saiba mais sobre o conflito entre Temer e a PF: Temer quer controlar a PF, comando será trocado




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Corrupção   /    Política

Comentários

Comentar