Mundo Operário

RIO DE JANEIRO

Garis da COMLURB protestam por direitos não cumpridos por Crivella

Juan Dias

RIO DE JANEIRO

quinta-feira 7 de dezembro de 2017| Edição do dia

Na tarde desta quinta-feira Garis insatisfeitos com a situação atual da categoria protestaram enfrente à sede da companhia na rua Major Ávila. O prefeito Crivella que já mantém a saúde numa crise que forçou os trabalhadores a se manterem ainda em greve, deve aos garis o décimo-quarto , a cesta de natal e o auxílio funerário.

Os trabalhadores presentes exigiam serem recebidos para negociar não só os direitos atrasados, mas também melhoras nas condições de trabalho. José gari há xx tempo relatou para o esquerda diário que o prefeito Crivella não está disponibilizando os itens mínimos para garantir a segurança e o bom trabalho da categoria. “Não tem material, não tem uniforme, não tem ferramenta, não tem nada para os garis trabalhar. Os garis estão trabalhando sem bota, sem nada, sem equipamento de segurança. Por isso que a gente está reivindicando nossos direitos”.

Os garis também exigem que a empresa não corte a salubridade de nenhum trabalhador da COMLURB. Exigem também o plano de carreira para os trabalhadores da categoria. Os garis em luta estão em negociações e convocaram um ato para a próxima quinta-feira às 15h na frente da sede da COMLURB.




Tópicos relacionados

Marcelo Crivella   /    Rio de Janeiro   /    Rio de Janeiro   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar