Sociedade

REPRESSÃO NA USP

GCM tortura trabalhador terceirizado com arma de choque na USP

quarta-feira 20 de setembro| Edição do dia

Um vigilante terceirizado da empresa Albatroz, que presta serviço à Universidade de São Paulo (USP), foi violentamente reprimido pela Guarda Civil Metropolitana (GCM), que utilizou uma arma de choque elétrico contra ele. Veja no vídeo abaixo:

De acordo com informações de trabalhadores e estudantes da USP que acompanharam o caso, o vigilante foi arbitrariamente transferido de seu posto pela chefia, o que é uma prática recorrente por parte das empresas terceirizadas.

Ao se recusar a deixar seu posto, a GCM compareceu ao local e reprimiu brutalmente o trabalhador. Em seguida, o trabalhador foi algemado.

Repudiamos essa ação absurda!




Tópicos relacionados

Repressão   /    Terceirização   /    Sociedade   /    USP

Comentários

Comentar