G20

Frente de Esquerda argentina repudia a cúpula do G20 e se mobiliza hoje

sexta-feira 30 de novembro| Edição do dia

Nicolás del Caño, deputado nacional do PTS e da Frente de Esquerda, informou que, a partir dessas forças, realizarão um ato às 14 horas no cruzamento da Av. San Juan com a 9 de Julho e depois unirão com os diferentes setores que se mobilizarão contra o G20.

A esse respeito, explicou que "estaremos mobilizados na sexta-feira, 30, rejeitando a cúpula do G20 e a presença de líderes mundiais como Trump ou Macron, responsáveis pelas guerras e pela fome no mundo. São esses os poderes que dirigem o FMI que hoje impõe um saque novo e histórico contra as maiorias populares e que exige ao nosso país o pagamento aos especuladores em detrimento da destruição da educação pública e da saúde, às custas de mais demissões, de aposentadorias de miséria, de aumentos nas tarifas. É por isso que nos mobilizaremos a partir das 14h no cruzamento da San Juan com a 9 de Julho para rejeitar a presença deles em nosso país e nos colocarmos do lado dos imigrantes que são atacados em todo o mundo, especialmente por Trump, ao lado dos trabalhadores que têm se levantado em Paris contra o aumento de combustíveis por Macron, e no lado oposto a Theresa May mais uma vez exigindo que os ingleses saiam das Malvinas."

Myriam Bregman, por sua vez, destacou que "estamos denunciando a massiva e repressiva operação milionária que envolverá mais de 20 mil soldados e busca intimidar e desestimular aqueles que querem se mobilizar contra os responsáveis por políticas de ajuste, fome, miséria e guerras no mundo. Macri e Bullrich os recebem com honras, com uma cidade sitiada e um ’piquete blindado’ por 72 horas, que paralisarão o centro político e econômico do país, aviões, trens, etc. Enquanto isso, eles criminalizam aqueles que fazem piquetes ou mobilizações pelas demandas dos trabalhadores ou param algumas horas nas companhias aéreas."




Tópicos relacionados

Emmanuel Macron   /    PTS   /    Donald Trump   /    Mauricio Macri   /    Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT)

Comentários

Comentar