Internacional

FRANÇA

França: Uma verdadeira maré amarela no coração do centro da cidade de Bordeaux

A manifestação dos Coletes Amarelos de Bordeaux começou às 14h na praça da Bourse e foi acompanhada por uma marcha de estudantes contra o aumento das taxas de inscrição para estrangeiros. Ela reuniu vários milhares de pessoas, espalhadas em diferentes pontos do centro da cidade. Começou num clima ameno. Quando chegaram a Pey Berland, por volta de 15h30, os manifestantes foram submetidos a bombas de gás lacrimogêneo da parte das forças da ordem.

sábado 8 de dezembro| Edição do dia

A manifestação dos Coletes Amarelos começou às 14h na praça da Bourse. Os estudantes das faculdades de Bordeaux 2 (Victoire) e Bordeaux 3 (Montaigne), que votaram massivamente em assembleia geral na última terça feira a favor de se juntar à manifestação , se reuniram a 13h na Victoire. Como em toda a França, os estudantes se opõem ao aumento das taxas de inscrição nas faculdades para estudantes estrangeiros, uma medida racista e discriminatória, que prepara a generalização do aumento das taxas de inscrição para todos os estudantes sem distinção e se conforma como uma continuação da lei O.R.E. [Orientation er réussite des étudiants ou Orientação e sucesso do estudantes, em tradução livre] que reforça a seleção social para entrada na Universidade.

A marcha estudantil reuniu perto de 1500 jovens antes de se chegar à praça da Bourse, momentaneamente bloqueada por uma fileira de CRS [Compagnies Républicaines de Sécurité, reserva geral da Polícia Nacional francesa] no nível da Avenida Victor Hugo. A junção das manifestações se deu aos gritos de “estudantes, Coletes Amarelos, mesmo Macron, a mesma luta!”. A manifestação seguiu percorrendo as ruas de Bordeaux. Outras marchas difusas passaram por Pey Berland, se dirigindo à République, Gambetta e Grand Théâtre antes de retornar ao Hôtel de Ville [prefeitura], passando pela rua Santa Catarina. É difícil contabilizar o número de pessoas que se manifestaram hoje em Bordeaux devido ao fato de terem tantos pontos difusos de manifestantes. O que é inegável é que vários milhares de Coletes Amarelos marcharam no centro nesta tarde.

No geral, a manifestação se deu, num primeiro momento, sem qualquer incidente e num ambiente de muita tranquilidade. Mas, chegando a Pey Berland, os manifestantes receberam jatos de bombas de gás lacrimogêneo. Uma quantidade enorme de gás era sentida no ar, a praça cercada por helicópteros da gendarmerie [parte do corpo policial francês que tem como encargo velar pela ordem e segurança pública]. Vários milhares de pessoas estão agora reunidas em frente ao Hôtel de Ville cercadas pela polícia.

Bordeaux, 16h20




Tópicos relacionados

coletes amarelos   /    Emmanuel Macron   /    Internacional

Comentários

Comentar