Juventude

REPRESSÃO GOLPISTA

Forte repressão à manifestação contra o golpe em São Paulo

Milhares nas ruas em São Paulo. Polícia de Alckmin persegue manifestantes.

quarta-feira 31 de agosto| Edição do dia

Em tentativa de calar a juventude que tomou as ruas contra o golpe institucional no país a polícia de Alckmin está a horas perseguindo os manifestantes por todo centro de São Paulo.

A repressão de diferentes forças da polícia militar paulista perseguem manifestantes. Já houve repressão em distintos pontos como a praça Roosevelt, a praça da República a alguns quilômetros da primeira. Houve uso novamente bombas de estilhaço, como pode-se ver na imagem abaixo veiculada pelo grupo "Jornalistas Livres".

A polícia usou grande quantidade de gás lacrimogênio e seu carros de jato d’água.

Como em junho de 2013 a mídia cobre a repressão ao vivo incentivando os policiais a reprimirem, "fazerem varredura" contra supostos baderneiros.

Milhares de jovens tomaram as ruas em diversas cidades de todo país. Foram vários milhares em São Paulo.

Como declarou Diana Assunção, colunista do Esquerda Diário e candidata a vereadora do MRT pelo PSOL "Façamos um novo junho contra o governo golpista de Temer -> http://www.esquerdadiario.com.br/Facamos-um-novo-junho-contra-o-governo-golpista-de-Temer": "É hora de lutar. Precisamos retomar as jornadas de junho de 2013 tomar as ruas, mas agora já com as lições que podemos tirar: precisamos que a luta seja política diretamente contra este governo golpista, que seja coordenada pela base e a partir dos locais de trabalho e estudo, que seja em aliança da juventude com a classe trabalhadora. Abaixo o governo golpista de Temer, amanhã vai ser maior!"




Tópicos relacionados

São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar