PRIVATIZAÇÃO PETROBRAS

Folha faz manchete sensacionalista que faltará diesel para ajudar importadores a conseguir subsídio

Douglas Silva

Estudante da UFJF

quinta-feira 7 de junho| Edição do dia

Para ajudar importadores a também ganharem subsídios de Temer, Folha de São Paulo publica matéria sensacionalista afirmando que faltará diesel entre 30 e 60 dias. Com isso, busca garantir aos importadores, que comprarem diesel mais caro no exterior, o custeio da diferença pelo governo federal.

O que quer a Folha? Que seja comprado o diesel no exterior e que, caso ele esteja mais caro, o governo pague a diferença às importadoras. Sendo que possibilidade de faltar combustível está condicionada ao fato de que a Petrobras tem metade da sua capacidade de refino paralisada no país. E o que a Folha pede são subsídios aos importadores, que vem ganhando mais espaço conforme menos se refina diesel no país.

Essa política favorece a privatização de conjunto da Petrobras, para alem das refinarias, mas também os terminais e oleodutos, que poderão ser utilizados para intensificar a remessa de lucros ao exterior na compra de derivados do petróleo, agora com incentivo do governo, alegando insuficiência do refino nacional. Segundo a proposta da Folha, quanto mais dependência, ajuda aos lucros imperialistas e incentivo à privatização total, melhor.

Os capitalistas que garantiram ainda mais lucros com o bloqueio dos caminhoneiros que atravessou as estradas do país nas últimas semanas, agora seguem em busca de mais e mais lucros nas custas da sangria da classe trabalhadora. Chantageiam por mais subsídios, como os que Temer já distribuiu aos donos das transportadoras e agronegócio, agora para os importadores.

É nessa tentativa de garantir subsídio aos patrões da importação que a Folha mente ao alarmar uma possível falta de diesel. Uma “Fake News” por completo como parte dos interesses privatistas que se esconde na coluna da matéria de um dos maiores jornais do país.

Além dos interesses privatistas desenhado em cada linha da argumentação, também está em jogo como capitalistas e jornais burgueses, assim como o governo, buscam, seja pelas reformas do governo golpista, privatização da Petrobras e subsídios aos patrões, que seja os trabalhadores a sofrerem os cortes e perdas de direitos sociais para garantirem os benefícios ao setor empresarial.




Tópicos relacionados

Governo Temer   /    Privatização   /    Greve caminhoneiros

Comentários

Comentar