Política

DINHEIRO PÚBLICO

Flávio Bolsonaro viaja com verba pública para participar de jogo no Programa Silvio Santos

O senador viajou de Brasília para São Paulo com verba do senado para participar do quadro “Jogo das três pistas” em programa e Sílvio Santos no SBT. Davi Alcolumbre (DEM-AP), anteriormente, já havia viajado para participar do mesmo programa, também usando recursos públicos.

segunda-feira 30 de setembro| Edição do dia

O Senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) que foi ao programa Silvio Santos com seu irmão Eduardo Bolsonaro(PSL-SP) participar de um quadro de entretenimento que nada de relacionado tem com compromissos públicos, pediu reembolso das custas da viagem para São Paulo ao senado. Além de verba pública para passagens, auxílio hospedagem teria sido utilizado pelo senador durante a passagem por São Paulo. O presidente do senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) também viajou para participar do mesmo programa, porém utilizando um avião da FAB, com mais 14 passageiros. Alcolumbre havia informado que o motivo do deslocamento no dia 14 de setembro seria “serviço ou segurança”. Na agenda do presidente não havia nada marcado para o dia 14.

Membro do PSL e filho do presidente da república Jair Bolsonaro, que vem aplicando ataques orçamentários massivos em diversas áreas como a educação (em especial, as universidades), ataques trabalhistas como a reforma da previdência e arrocho da classe mais pobre, tudo em prol do pagamento da dívida pública, não parece encontrar problemas em despender do dinheiro público para assuntos supérfluos que não possuem caráter de atividade pública. Ainda assim, a política do clã Bolsonaro e seus aliados segue sendo de achaque do trabalhador e aos pobres, alegando ajuste fiscal, para pagar a crise dos capitalistas.

Silvio Santos, apoiador de Jair Bolsonaro na corrida eleitoral e pós eleição, já subiu inclusive no palanque do desfile de 7 de setembro em brasília,ao lado de Bolsonaro e de Edir Macedo, Pastor e fundador da Igreja Universal e dono da Rede Record. A aliança do governo com a burguesia midiática conservadora vem ficando cada vez mais forte, e Silvio Santos já cogita a participação esporádica de membros do governo em seu programa. Defensor da reforma da previdência, faz propagandas e falas constantes sobre a aprovação da lei que precariza violentamente a vida dos trabalhadores.

Lembrando que Silvio Santos é uma figura conservadora, reacionária, machista e já se declarou inclusive assediador, fazendo piada sobre isso: "Eu não tenho culpa... Aqui no SBT, onde essas bailarinas, onde as meninas trocam de roupa e ficam peladas eu fiz uma loucura... fiz um buraquinho na parede e fiquei olhando tudo que elas faziam". Também expressou seu machismo quando sexualizou corpos de crianças que participavam do Concurso Miss Infantil: “Vocês do auditório vão ver quem tem as pernas mais bonitas, o colo mais bonito, o rosto mais bonito, e o conjunto mais bonito”.

Em consonância com os valores morais do clã Bolsonaro, que fazem disso carro chefe de seus discursos e políticas, os valores conservadores do apresentador são hipócritas, machistas, racistas e propagadores de discursos opressores.




Tópicos relacionados

Flavio Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar