Gênero e sexualidade

25N - Dia internacional de combate à violência contra as mulheres

Flavia Valle denuncia a violência contra as mulheres em MG e chama todas a se organizarem

Flavia Valle é professora de sociologia, ex-candidata do MRT pelo PSOL e uma das idealizadoras do Plano de Nacional Emergência contra a violência às mulheres.

domingo 26 de novembro| Edição do dia

No vídeo abaixo, Flavia Valle, que junto a outras militantes do Pão e Rosas e ex candidatos do MRT pelo PSOL, escreveu o Plano Nacional de Emergência contra a violência às mulheres fala da relação do capitalismo com a opressão patriarcal e de como os golpistas querem aprofundar a situação de miséria das vidas das mulheres.

Flavia traz números estarrecedores da violência de gênero em Minas Gerais: 17 mulheres morreram por dia vítimas de violência doméstica no Estado em 2015; no mesmo ano, só registrados, foram 129 mil casos de violência, entre agressões, estupros e até feminicídios.

Ao Esquerda Diário, Flavia declarou “É inadmissível que as mulheres continuem morrendo apenas por serem mulheres. Os golpistas vêm para aprofundar essa situação, e sob o governo do PT, não assistimos nenhuma mudança desse quadro de violência no Estado. Ao contrário, a média de mulheres desempregadas por exemplo, supera a média nacional na região metropolitana de BH”.

Com um chamado às mulheres a se organizarem por uma saída anticapitalista, a professora finaliza o vídeo. Assista abaixo:




Tópicos relacionados

dossiê25/17   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar