×

FIM DA GREVE BANCÁRIA | Fim da greve na Caixa Econômica: mais uma vez Sindicato e empresa contra os bancários

Bancários mostraram força e tiveram conquistas, mas a CUT impediu avançar mais

terça-feira 27 de outubro de 2015 | 02:09

Nesta segunda-feira, em assembleia realizada na quadra do sindicato, os bancários da Caixa enfrentaram a direção burocrática do sindicato de SP (dirigido pelo PT/CUT) para rejeitar a proposta da Fenaban de 10% de reajuste, que mal cobre a inflação. A politica do governo Dilma, aliado aos banqueiros, de impor o ajuste aos bancários e a toda classe trabalhadora, foi fator decisivo nessa greve, no entanto os bancários mostraram novamente sua força.

Umas das greves mais fortes dos últimos anos foi encerrada após uma manobra da direção do sindicato, repetida já há alguns anos, de separar as assembleias da categoria, entre bancos privados, Caixa e Banco do Brasil. Além dessa atitude vergonhosa, o sindicato, em acordo com a Caixa, garantiu mais uma vez a presença dos gerentes e fura greves para encerrar o movimento que ainda estava em pleno fortalecimento e que poderia seguir lutando por um índice muito melhor do que o apresentado pelos banqueiros.

E durante a assembleia se percebeu exatamente a força da greve. Mesmo com os gerentes votando pela aceitação da proposta, os grevistas impuseram uma votação muito apertada, rejeitando a proposta dos banqueiros, e que obrigou a direção do sindicato a se recusar a contar os votos por medo de ter perdido a votação.

Com todo esse clima a revolta dos bancários era clara, com uma manifestação geral pela contagem dos votos, uma questão democrática elementar de respeitar a vontade soberana da assembleia. Porém os dirigentes sindicais burocráticos preferiram não arriscar, se retirando desmoralizados e impondo o encerramento da assembleia, questão que enfureceu um setor da base que terminou aos gritos de "central única dos traidores", em alusão à sigla cada vez mais desgastada da CUT.

Clicando aqui você pode ler os primeiros elementos de balanço do MRT sobre a greve

Veja no vídeo do momento em que sindicato claramente impõe o fim de greve contra a categoria


- 

CLIQUE no VÍDEO abaixo para assistir a intervenção da delegada sindical da agência Sé, Thais Oyola, do Nossa Classe e do MRT.


- 

Messias, da oposição bancária, defende a continuidade


- 

Veja intervenção de Mayara do PSTU em defesa da continuidade da greve




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias