Política

LAVA JATO

Filha de Rodrigo Janot é advogada da OAS

quarta-feira 10 de maio| Edição do dia

A filha do Procurador Geral da República Rodrigo Janot, Letícia Ladeira Monteiro de Barros atua como advogada das empresas OAS e Braskem em ações junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e à Justiça Federal.

Ambas empresas estão sob investigação na Lava Jato. A empreiteira OAS está atualmente negociando fechar um acordo de delação premiada no marco da operação Lava Jato, nos mesmos moldes da delação premiada da Odebrecht. A negociação foi suspensa no ano passado, por decisão de Janot, depois do vazamento de supostas informações que fizeram parte das conversas entre executivos da empresa e o MPF. A Braskem - braço petrolífero da Odebrecht - já firmou acordos de delação e de leniência.

De acordo com um extrato do Diário Oficial de 12 de maio de 2016, Letícia é uma das advogadas que representa o grupo OAS. As informações sobre a relação de Letícia e a OAS vieram à tona um dia após Janot encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de impedimento do ministro Gilmar Mendes, sob argumento de que o ministro não pode atuar em casos envolvendo o empresário Eike Batista.

O argumento do procurador-geral é de que Eike tem causas defendidas pelo escritório de Sérgio Bermudes, no qual a mulher de Gilmar, Guiomar Mendes, é sócia e responsável pela filial de Brasília. Segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR) não há conflito de interesses neste caso, visto que Janot não atua nas negociações envolvendo pessoa jurídica - que ficam a cargo da Justiça em primeira instância.




Tópicos relacionados

Operação Lava-Jato   /    Operação Lava Jato   /    Política

Comentários

Comentar