LUTA PELAS COTAS NA UNICAMP

Festival e ato rumo a votação de cotas na Unicamp!

Na Unicamp, desde o cenário de golpe, os estudantes tem se mobilizado pela implementação de cotas étnico-raciais na universidade. Na próxima semana será realizado um Festival / Ato, nos dias 29 e 30 de maio, para pressionar a aprovação da pauta no CONSU. Confira a programação.

sexta-feira 26 de maio| Edição do dia

No momento em que o trabalhadores e jovens de todo país estão travando uma guerra para que Temer caia pelas nossas mãos e que levemos com ele suas reformas, os estudantes da Unicamp, em um contexto de muita politização e luta, estão na reta final para arrancar uma enorme conquista para o movimento estudantil e o movimento negro em todo país: a implementação de cotas étnico-raciais na universidade.

Essa que pode ser uma vitória dentro da Unicamp, fortalecerá enormemente a luta por uma universidade verdadeiramente aberta a população negra e pobre no país, assim como a mobilização para que os estudantes da Unicamp sejam sujeitos na luta pela derrubada de Temer e suas reformas. Abaixo reproduzimos as informações do evento do Festival / Ato nacional pelas cotas na Unicamp, que ocorrerá na véspera e no dia da votação de cotas no Conselho Universitário (30/05), momento que pode sintetizar esse último ano de preparação, desde a ocupação da reitoria, das audiências públicas pelas cotas, dentre outras atividades nos institutos e centros acadêmicos. Confirme a sua presença e se some a essa importante luta!

Link do evento: Festival / Ato nacional pelas cotas na Unicamp

CHEGOU O GRANDE DIA! DIVULGUE E COMPARTILHE!

O ano de 2016 vai ser lembrado como o ano da greve estudantil que marcou a história da Unicamp, uma mobilização, iniciada pelas pressões da comunidade negra, que teve grande aderência dos estudantes de diferentes cursos e campi, na qual, as pautas principais foram a ampliação da permanência estudantil, o combate aos cortes impostos pela reitoria e a implementação das cotas raciais e e sociais no sistema de ingresso dos cursos de graduação.

Após, aproximadamente, 100 dias de greve, nós realizamos nos meses de setembro, outubro e novembro três audiências públicas com a participação de movimentos sociais da cidade e do estado de São Paulo. As audiências foram essenciais para a construção de um projeto de cotas que, no dia 21 de fevereiro de 2017, foi apresentado em uma reunião extraordinária do CONSU - Conselho Universitário da Unicamp, e encaminhado para que as unidades de ensino o discutissem.

Após esse processo de debate com a comunidade acadêmica, na próxima terça-feira, dia 30 de maio de 2017, irá ser decidido pelo Conselho Universitário se a Unicamp vai adotar as cotas raciais no sistema de ingresso dos cursos de graduação ou vai se assumir como uma instituição desinteressada na implementação efetiva das polítcas de combate ao racismo. Esse dia será único, principalmente no contexto político atual, pois, a Unicamp ainda disputa com a USP a vanguarda do atraso, compondo o quadro das universidades que, até hoje, negam a importância das cotas raciais e sociais enquanto políticas de ação afirmativa vigentes e legitimadas nas universidades públicas brasileiras.

Núcleo de Consciência Negra da Unicamp e Frente Pró-Cotas.

CRONOGRAMA DA MOBILIZAÇÃO:

DIA 29 DE MAIO: FESTIVAL PELAS COTAS!

PROGRAMAÇÃO:

A programação se iniciará às 10h da manhã e terminará às 21h.

10h - Du Kiddy com participação de Aluísio Alberto. Local: Teatro de Arena
12h - Escola de Capoeira Angola Resistência - Núcleo Moradia e FE/Unicamp
14h - Mesa: Desafios para além das cotas: racismo institucional na Universidade; Local: Auditório da Adunicamp.
16h - Dança Afro Campinas - Oficina de dança com Renata Oliveira
18h - Preta Rara . Local: Teatro de Arena
20H - MCLinn da Quebrada. Local: Teatro de Arena

DIA 30 DE MAIO: ATO PELA IMPLEMENTAÇÃO DAS COTAS NA UNICAMP!

7h - CONCENTRAÇÃO PARA O ATO! (LOCAL: EM FRENTE A REITORIA)
9h - INÍCIO DA VOTAÇÃO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO;




Tópicos relacionados

Cotas étnico-raciais   /    Cotas Raciais   /    Unicamp

Comentários

Comentar