MRT

Fazer uma grande Jornada de Lutas dia 19 exigindo das centrais sindicais a organização da greve geral

As centrais sindicais estão convocando uma Jornada de Luta no dia 19/02 contra a reforma da previdência, elas ainda afirmam que "se colocar para votar, o Brasil vai parar". Colocaremos todos nossos esforços para que essa jornada expresse a raiva dos trabalhadores brasileiros a esse ataque ao direito de se aposentar. Mas participaremos dessa jornada com uma política própria batalhando para que o necessário para derrotar os golpistas: uma greve geral.

Diana Assunção

São Paulo | @dianaassuncaoED

sexta-feira 2 de fevereiro| Edição do dia

Já estamos batalhando em cada local de trabalho para que os trabalhadores façam o máximo que for possível esse dia, cruzando seus braços onde puderem e exigindo das centrais sindicais uma urgente greve geral. Com essa política que iremos a cada assembleia, piquete e manifestação nesse dia. Exigimos das centrais sindicais, em especial da CUT e CTB que parem de se rastejar atrás das datas da agenda parlamentar e marquem e organizem uma greve geral. O adiamento dessa luta só dá mais e mais tempo para que Temer organize esse ataque contra o povo e que o judiciário continue com sua política golpista de sequestrar o direito dos trabalhadores votarem em quem quiser.

Dia 19 vamos às ruas e paremos todos locais que for possível parar exigindo das centrais um plano de luta para uma greve geral para barrar a reforma da previdência e defender o direito democrático da população decidir em quem votar.




Tópicos relacionados

Greve Geral   /    Reforma da Previdência   /    MRT   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar