Política

GOVERNO TEMER

Faustão critica Temer ao vivo, a Globo será a voz dissonante na mídia?

segunda-feira 26 de setembro| Edição do dia

O apresentador da rede globo Faustão soltou o verbo na tarde de ontem contra o governo Temer. Ele recebia o ginasta Diego Hypólito quando, com direito a palavrões e tudo criticou a reforma do ensino médio, por decreto, do governo golpista.

As palavras de Faustão foram: "A educação física os caras iam tirar. Essa porra dese governo nem começou, não sabe se comunicar e já faz a reforma sem consultar ninguém. O país que mais precisa de educação, faz uma reforma com cinco gatos pingados que não entende porra nenhuma, não consulta ninguém. E aí tira educação física que é fundamental para a formação do cidadão"

Veja o vídeo deste momento do programa:

Em meio a crise de representatividade como parte do que definimos como "crise orgânica", a grande mídia tem atuado como um verdadeiro partido político, conduzindo moral, filosófica e politicamente os interesses da elite no país. Foram junto ao judiciário e diversos atores parlamentares parte fundamental do golpe institucional. Agora, consumado o golpe começa a se notar, tal como em outros atores uma certa falta de "ajuste fino" nas táticas. Enquanto a mídia paulista mal estampou em seus jornais a decisão de Teori em investigar Temer, Aécio, FHC e outros, essa notícia foi capa do Globo no sábado.

O Estado de São Paulo é o mais aberto defensor do governo Temer entre os três grandes jornais nacionais, a Folha volta e meia retoma sua proposta de eleições antecipadas, mas na dúvida melhor manter o atual, sem se posicionar abertamente favorável a novas soluções, que erguessem um novo sistema de partidos e novos esquemas de corrupção e relação com o imperialismo mas desta vez com a chancela do interventor poder judiciário, a rede Globo tem na pena do principal editorialista do O Globo, Merval Pereira um defensor de uma "mãos limpas brasileira". E ontem TV esse discurso agressivo de Faustão. Quanto a reforma da educação este monopólio é um entusiasta, porém o que foi dito ontem é um ponto fora da curva que deve render dores de cabeça ao apresentador ou indícios que a Globo está deixando ou mesmo dando corda a alguma outra saída no pós-impeachment?

Veremos o próximo capítulo da novela nos telejornais e sobretudo no pulsar das urnas e das ruas.




Tópicos relacionados

Política

Comentários

Comentar