Mundo Operário

PRISÃO INJUSTA

Famíliares fazem manifestação para libertar Winícius, jovem trabalhador preso injustamente

No domingo (28/06), familiares e amigos de Winícius foram à entrada do 5º Batalhão para fazer um protesto pedindo por justiça e pela liberdade do jovem preso injustamente.

segunda-feira 29 de junho| Edição do dia

Imagem: Arquivo pessoal/ Ponte Jornalismo

No dia 16 de abril, policiais chegaram ao supermercado com um mandado de prisão contra um rapaz. O jovem foi preso sem ter cometido crime, segundo seus familiares. Tudo o que Winícius fazia na vida, contam quem era próximo, era trabalhar, namorar e estudar Tecnologia da Informação.

O boletim de ocorrência que deu origem ao processo, foi de um roubo de carga ocorrido em 14 de junho de 2018, que menciona apenas uma descrição: a de um adolescente negro com uma verruga na testa. Acontece que Winícius é branco, tem 21 anos e nenhuma verruga no rosto. Se trata de uma prisão aleatória, dada por motivos escusos.

Nesse 14 de junho ocorreu a abertura da Copa do Mundo da Rússia e que, segundo a família, Winícius estava em casa para assistir à partida. Eles apresentaram à Ponte fotos e um registro de localização que, segundo eles, comprovariam a informação. O reconhecimento do estudante, segundo a história contada pela família, teria sido feito a partir de uma foto enviada pela polícia via Whatsapp.

“Ele é educado, respeitador, justo, honesto, com princípios. Nunca me deu trabalho, sempre teve responsabilidade com escola desde pequeno”, descreve a mãe dele, a auxiliar administrativa Wanessa Mirolda, 39 anos.

No domingo (28/06), familiares e amigos de Winícius foram à entrada do 5º Batalhão para fazer um protesto pedindo por justiça e pela liberdade do jovem preso injustamente.

Cerca de 20 pessoas foram com camisetas brancas, máscaras e cartazes. Segundo Patrícia Dantas Gama, de 27 anos, prima do jovem: “A gente queria ter reunido mais pessoas, mas para segurança de todo mundo, devido ao coronavírus, nos reunimos em pessoas mais próximas e tomamos todo cuidado, mas foi bem importante para validar nosso pedido de justiça e de verdade para o Winícius”

Com informações da Ponte Jornalismo




Tópicos relacionados

Estado Policial   /    Corrupção Policial   /    Violência policial   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar