Educação

OCUPAÇÃO SECUNDARISTA EM BH

Falam os jovens que ocupam o Estadual Central em BH

Nessa manhã de quinta feira os alunos da Escola Estadual Central, em Belo Horizonte, ocuparam a escola numa decisão tomada pelos alunos. Nós, do Grêmio Margem Esquerda, da Escola Estadual Helena Guerra, estivemos presente para acompanhar e apoiar a ocupação. Aproveitamos para trocar experiências sobre a luta contra os ataques do governo Temer na educação, como a MP de reformulação do Ensino Médio. Leia a entrevista que fizemos com alguns dos estudantes que ocupam a escola e que são parte do Grêmio Abre Alas.

quinta-feira 6 de outubro| Edição do dia

O que levou vocês a ocuparem a escola?

Primeiramente Fora Temer e temos que ocupar as escolas em todo Brasil e continuar a história de luta dos estudantes de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul no semestre passado e que agora é retomada pelos estudantes do Paraná. A MP que reformula o ensino médio é um retrocesso que prejudica diretamente os estudantes. Sem contar os estudantes que trabalham e estudam que vão ter que optar pelo trabalho ou estudo e isso vai aumentar a evasão escolar. Os professores vão ser prejudicados. Estamos contra a PEC 241. É um retrocesso e não dialogamos com esse governo temer. A educação já é sucateada e nem tem estrutura. Aumentar as horas congelando as verbas para educação não faz sentido algum, é apenas a destruição da educação. Queremos uma coisa contra isso tudo. Decidimos ocupar em Minas e em todo Brasil.

Quais são as perspectivas do movimento?

Fazer os estudantes participarem mais, lutar pelos nossos direitos, fazer os estudantes tomarem para si a luta contra a lei da mordaça e o projeto “Escola Sem Partido” que tentam tirar o senso crítico dos estudantes.

Qual a importância desse movimento?

Fazer a diferença e mudar a história. Além de ser libertador e trazer uma imensa satisfação. Além dessa reformulação retirar as matérias que mais contribuem para a formação de pensamentos críticos e estudantes ativos.





Tópicos relacionados

Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar