Juventude

APOIO

Faísca se solidariza com a ocupação dos estudantes do Centro Paula Souza

terça-feira 3 de maio de 2016| Edição do dia

Ontem pela manhã, 02/05, a polícia invadiu a ocupação do Centro Paula Souza, sem mandado para cumprir a reintegração de posse. Os estudantes secundaristas ocuparam a sede da instituição, responsável pelas Etecs, Fatecs e Etesp do estado de São Paulo, contra a precarização e cortes na educação, reinvidicando restaurantes estudantis nas Etecs e enquanto isso não acontece a garantia de vale-refeição para todos os estudantes. Além disso, também exigem a punição de todos os responsáveis que estão por trás da fraude das merendas que afeta as escolas estaduais paulistas.

Apesar da suspensão da ordem de reintegração, a polícia militar permaneceu o dia inteiro no prédio e deixou o local a poucas horas ao som do “não tem arrego” puxado pelos estudantes. Todos nós sabemos que o papel da polícia é reprimir os lutadores e tentar desmobilizar os estudantes. Esta ação representa uma manobra do governo do estado para retomar o funcionamento do Centro Paula Souza através da intimidação e repressão da polícia militar aos estudantes.

O centro Paula Souza segue ocupado, os estudantes novamente deram um exemplo de luta. Nós da Faísca Juventude Anticapitalista e Revolucionária que estivemos o dia todo ao lado dos estudantes secundaristas da ocupação prestando nossa solidariedade e apoio, vamos permanecer ao lado desses lutadores contra a repressão da polícia e do governador, em defesa da educação.




Tópicos relacionados

Ocupação Escola   /    São Paulo (capital)   /    Juventude

Comentários

Comentar