Juventude

CAMPINAS

Faísca Unicamp impulsiona Ciclo de Debates "A atualidade do marxismo no século XXI"

O presente ciclo de debates busca abordar a atualidade do marxismo para responder aos mais profundos problemas do século XXI, marcado pela crise capitalista, que aprofunda os ataques contra a classe trabalhadora e a juventude, que afetam especialmente as mulheres, os negros e todos os setores oprimidos. É uma iniciativa do Esquerda Diário, junto a Revista Ideias de Esquerda e da juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária.

quinta-feira 5 de março| Edição do dia

O presente ciclo de debates busca abordar a atualidade do marxismo para responder aos mais profundos problemas do século XXI, marcado pela crise capitalista, que aprofunda os ataques contra a classe trabalhadora e a juventude, que afetam especialmente as mulheres, os negros e todos os setores oprimidos. É uma iniciativa do Esquerda Diário, junto a Revista Ideias de Esquerda e da juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária.

Atividades

Karl Marx e as novas crises do capital
9 de Março de 2020
IH 09 - IFCH

Debatedor:
André Augusto, graduado pelo IFCH e doutorando em Ciências Sociais pela UFRN e participante do podcast Esquerda Diário - Internacional.

Descrição:
O presente grupo de estudos tem como objetivo discutir as respostas do marxismo para as novas crises do capital, na qual a burguesia tenta dar uma resposta endurecendo o regime em alguns países, como o Brasil, junto a reformas que buscam precarizar e oprimir ainda mais as relações de trabalho, fazendo os trabalhadores pagarem por uma crise que não criaram.

Gênero e Marxismo - Lançamento do livro A precarização tem rosto de mulher - 3° edição
11 de Março de 2020
ED06 - FE

Debatedoras e confirmadas até agora:*
Patrícia Galvão, historiadora e membro da Secretaria de Mulheres do Sintusp;
Flávia Telles, estudante das Ciências Sociais e professora da rede, co-autora de artigo do livro “Raça, classe e gênero: sobre a luta das mulheres negras por um feminismo socialista”.

Descrição:
A 3º edição do livro “A precarização tem rosto de mulher: a luta das trabalhadoras e trabalhadores terceirizados da USP” é lançado não só em um período em que as mulheres e negras sentem mais duramente o peso da opressão e da exploração, mas também após um ciclo da luta de classes, que inclusive não está dado que acabou, onde convulsões sociais e movimentos organizados de trabalhadores tentam dar uma resposta à crise capitalista.

Nessa nova edição se mantém os textos originais das lutas das terceirizadas contra a Dima (2005), a União (2011) e a Higilimp (2013), todas empresas terceirizadas que prestaram serviço a USP. Mas também textos inéditos que tentam aprofundar a discussão da relação entre opressão e exploração.

Mais informações sobre o livro em:
PRÉ-LANÇAMENTO: Edições ISKRA lançam “A precarização tem rosto de mulher”, uma arma para as nossas lutas

Questão negra e Marxismo - Lançamento do livro A Revolução e o Negro - 2º edição
17 de março de 2020
Auditório Marielle Franco - IFCH

Debatedores e confirmados até agora:
Marcello Pablito, trabalhador da USP e organizador do livro;
Flávio Gomes, professor da UFRJ e especialista na história dos quilombos.

Descrição:
Em um mundo que a crise se arrasta, são os negros os primeiros a sentir as dores de um capitalismo degradado e entrelaçado ao racismo. Por isso, a 2º edição do livro “A Revolução e o Negro” busca trazer os textos do trotskismo (vertente do marxismo revolucionário) sobre a questão negra, alguns deles já contidos na edição anterior e outros inéditos, para que assim possa se fazer um profundo debate sobre a importância da questão negra para os revolucionários. Num dos países que mais mata negros e pobres é necessário que se enxergue até o final o que significa o racismo e como podemos acabar definitivamente com ele.

Mais informações sobre o livro em:
Edições ISKRA lançam A revolução e o negro: um diálogo entre os negros do mundo

Obs: *Mais nomes a confirmar.

Veja aqui mais informações sobre o Ideias de Esquerda - Revista de Política e Cultura

Veja mais informações sobre a juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária

Confira o evento no facebook: Ciclo de debates: A atualidade do marxismo no século XXI




Tópicos relacionados

Faísca - Juventude Revolucionária e Anticapitalista   /    Unicamp   /    Campinas   /    Juventude

Comentários

Comentar