Cultura

POEMA

FORA TEMER

sexta-feira 2 de setembro| Edição do dia

Tortura

Arrancaram a língua
do gato que é a política
não se lava mais
e a sujeira se encrosta.

Arrancaram as orelhas
do gato que é a justiça
não se ouve mais
o som que vem de baixo.

Arrancaram os olhos
do gato que é a mídia
não se enxerga mais
os que são ignorados.

Arrancaram o instinto
do gato que é o respeito
não se esquiva mais
do poder dos carrapatos.

FORA TEMER




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Governo Temer   /    cultura   /    Cultura   /    Juventude

Comentários

Comentar