Política

CRISE DOS COMBUSTÍVEIS

Exército se prepara para remover bloqueio de carretas em refinaria no RJ

sexta-feira 25 de maio| Edição do dia

Agora há pouco, Militares do Exército e a Polícia Rodoviária Federal foram até a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense, para acabar com os bloqueios dos caminhoneiros. Os militares alegam que foram até o local para escoltar o caminhão tanque para garantir o abastecimento de suas frotas.

São essas as tropas, autorizadas por Temer, para reprimir os caminhoneiros que permanecem em protesto, mesmo após o acordo feito entre as burocracias dos transportes, empresas e o governo. Ironicamente, o exército está sendo usado contra caminhoneiros e seus apoiadores que reivindicavam a "Intervenção Militar" bloqueando parte da via com uma imensa faixa.


Caminhão bloqueia parte da via com faixa com os dizeres: "Intervenção militar é a solução. Buzina Brasil."

Repudiamos energicamente a repressão de Temer, que deu aval para a ação violenta contra os caminhoneiros. Exigimos que as centrais sindicais entrem em cena e se separem das entidades que defendem os interesses patronais, para de fato impulsionar a greve dos petroleiros já aprovada em todas as unidades do país. A partir disso organizar a entrada em cena de toda classe trabalhadora, pela estatização da Petrobras, pelo fim das taxas não só do DIESEL, mas também da gasolina e o gás de cozinha, que atinge diretamente os trabalhadores e a população.




Tópicos relacionados

crise combustíveis   /    Exército   /    Privatização da Petrobras   /    Privatização   /    Forças Armadas   /    Crise da Petrobrás   /    Política

Comentários

Comentar