Política

DELAÇÃO JBS

Executivo da J&F relata propina para Senador do PP aliado de Temer

O áudio é parte da gravação que foi enviada pela JBS para a PGR, e relata propina entregue para Ciro Nogueira, Senador do PP-PI, partido de Maluf.

terça-feira 5 de setembro| Edição do dia

Na gravação que foi enviada pela JBS para a Procuradoria Geral da República (PGR), Ricardo Saud, executivo da J&F, conversa com Joesley Batista, dono da JBS, e conta que entregou em março deste ano R$ 500 mil ao senador Ciro Nogueira, aliado de Temer e membro do PP, partido de Maluf.

Segundo Rodrigo Janot, Procurador Geral da República, o áudio pode ter consequência a revisão do acordo de delação da JBS.

No áudio, Saud conta a Joesley que sua conversa com Nogueira não foi gravada por que ele se confundiu e não acionou o gravador, mas segundo o executivo da J&F, o senador levou R$ 42 milhões da empresa de Joesley, destinados ao PP, que incluam R$ 2,5 milhões em espécie.




Tópicos relacionados

Joesley Batista   /    PGR   /    JBS   /    Política

Comentários

Comentar