Política

ELEIÇÕES CAMPINAS

Ex-prefeito Dr. Hélio, cassado por corrupção, oficializa candidatura em Campinas

O ex-prefeito de Campinas, condenado por corrupção e cassado em 2011, oficializou sua candidatura à prefeitura pelo PDT, partido no qual é presidente. Mesmo estando inelegível até 2024, afirma que irá concorrer e seus advogados irão cuidar dos problemas legais.

Danilo Magrão

Professor de sociologia da rede pública

sábado 30 de julho de 2016| Edição do dia

Foi à frente de seu mandato e motivo de sua cassação, que veio a público o escândalo de corrupção na Sanasa. Além dele, o então vice-prefeito Demétrio Vilagra (PT) também teve seu mandato caçado. A esposa do ex-prefeito foi condenada à prisão por desvios milionários na empresa de abastecimento de água. Os acusados foram condenados pelos crimes de formação de quadrilha, fraudes em licitação, corrupção e desvios de recursos públicos.

A corrupção instalada no país é um problema estrutural de todos os governos. Na atual gestão de Jonas Donizetti existem fortes evidências de desvios e superfaturamento na merenda escolar, assim como fez o governador Geraldo Alckmin nas escolas estaduais.

A mídia golpista propagandeou a ideia que problema da corrupção se resolveria com a saída do PT da presidência. É um fato que o PT incorporou esse tipo de método para governar, mas agora nos sucessivos escândalos em diversas prefeituras e governos de estados envolvendo diferentes partidos, inclusive no alto escalão ministerial do governo Temer, a corrupção se mostra como uma característica estrutural do capitalismo.

É preciso acabar com a farra e os privilégios dos corruptos. As leis atuais e seus agentes na justiça querem demagogicamente nos fazer crer que irão acabar com corrupção. Somente com uma força anticapitalista, enraizada nas escolas, fábricas e universidades poderemos combater o saque que os políticos burgueses e os empresários promovem cotidianamente nas contas públicas, começando por impor que todos os políticos, juízes e funcionário de alto escalão, ganhem como um professor.




Tópicos relacionados

Eleições Campinas   /    Campinas   /    Política

Comentários

Comentar