Educação

JUNDIAÍ

Estudantes de colégio estadual, em Jundiaí, realizam ato denunciando estrutura precarizada

sexta-feira 20 de outubro| Edição do dia

Na manhã desta Quinta-Feira(19/10), os Estudantes da EE Dr Antenor Soares Gandra, que atende alunos do Ensino Médio em três períodos realizaram uma passeata denunciando o estado de deterioração que encontra-se parte do prédio onde funciona a escola.

Segundo relatos e uma matéria realizada pelo Jornal da Região, ocorre falta de energia elétrica em um dos andares, situação que prejudica principalmente os alunos do período noturno que acabam por utilizar salas não adequadas e muitas vezes também deterioradas.

Ademais o telhado também necessita de manutenção, ocorre acumulo de água e excesso de mofo e umidade em uma das salas da escola (a despeito disto a mesma acaba sendo utilizada devido a demanda). Ainda segundo denúncias esta situação encontra- se em tal estágio devido a não continuidade de uma reforma iniciada e, até o presente momento, sua retomada não foi indicada.

Este é mais um indicativo da negligência do Governo Alckmin bem como de boa parte da casta política e seus ideólogos -que preferem desconversar tais questões debatendo doutrinações fantasiosas enquanto propositalmente fecham os olhos para o desmonte organizado pelo seus padrinhos - encarando educação pública como custo, sempre paralisando e impedindo qualquer investimento, priorizando e mantendo os privilégios dos seus mandatos enquanto oneram e precarizam o Ensino Público. Os Estudantes e a Comunidade Escolar do Gandra mostram o caminho para barrar e mudar esta perspectiva de sucateamento.




Tópicos relacionados

Educação   /    Campinas

Comentários

Comentar