Educação

GREVE PUC-MG

Estudantes de Educação Física da PUC Minas apoiam a greve dos professores

Estudantes do curso de Educação Física da PUC-MG prestaram apoio à greve dos professores da instituição e paralisaram as atividades nesta sexta-feira (27).

sexta-feira 27 de abril| Edição do dia

Recebemos esta foto que mostra parte da mobilização dos estudantes da PUC-MG em apoio à greve dos professores da instituição. A greve é de toda rede particular de MG, e luta contra ataques a direitos trabalhistas.

A proposta dos empresários do ensino particular, baseada na Reforma Trabalhista aprovada no governo golpista de Temer, inclui: perda do adicional por tempo de serviço, perda das bolsas de estudos para professores e dependentes, perda do intervalo (recreio) dos/as professores/as, retirada da cláusula de atestado médico (ou seja, professor não pode adoecer), retirada da representatividade do sindicato (legítimo representante da categoria, conforme apregoa a Constituição da República), retirada da estabilidade do professor aposentando, perda significativa do adicional extraclasse (uma vez que propõem que o professor trabalhe 10% a mais sem remuneração devida), reajuste de 1%, abaixo da inflação – sendo que as mensalidades escolares reajustaram em média de 8 a 10%.

Ontem os professores da universidade haviam votado pela adesão à greve da categoria de professores da rede particular de ensino de MG, se juntando à UNA e a outras instituições em greve.




Tópicos relacionados

PUC-MG   /    Minas Gerais   /    Contagem   /    Educação   /    Belo Horizonte   /    Juventude   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar