Juventude

CONTRA AS DEMISSÕES DA DONNELLEY

Estudantes de Ciências Sociais da UFRN se solidarizam com as famílias da RR Donnelley

sexta-feira 5 de abril| Edição do dia

Ingressantes de Ciências Sociais da UFRN deram início hoje a uma campanha de solidariedade aos trabalhadores da RR Donnelley, gráfica imperialista que lucrou por anos com impressão do Enem e, do dia para a noite, no dia 1 de abril, fechou as portas das fábricas de Osasco, Barueri e Blumenau e deixou 970 trabalhadores com suas famílias nas ruas, alegando suposta falência e deixando os trabalhadores sem qualquer perspectiva de receberem seus direitos, mas não mostram o dinheiro que estão mandando para a matriz nos EUA, as planilhas nem o livros de contas.

A empresa está se apoiando nas medidas ultra neoliberais de Bolsonaro, que fechou o Ministério do Trabalho, não vê a hora de aprovar a Reforma da Previdência e vai aos EUA dizer a Trump que o Brasil está de portas abertas para os patrões.

Nós do Esquerda Diário acreditamos que é urgente cercar a luta dos trabalhadores da Donnelley de solidariedade, em especial desde as universidades, onde estamos sob constante ameaça de Bolsonaro que defende a tortura da Ditadura e que quer destruir qualquer fio de livre pensar e combater o comunismo. Nós jovens precisamos estar ombro a ombro com a classe trabalhadora e resgatar ideias que possam enfrentar o governo Bolsonaro, lacaio do imperialismo norte-americano que nos quer trabalhando até morrer.

É com a perspectiva de fortalecer a luta dos trabalhadores de todo o país, superando os limites que a UNE e as centrais sindicais na aliança operário-estudantil na luta contra os ataques à aposentadoria e à educação, que convidamos todas, todes e todos para o Grupo de Estudos: Por que Trotski?

A partir do dia 11/04, serão realizadas sessões no setor 2 da UFRN às sextas-feiras e no IFRN Cidade Alta às quintas-feiras.




Tópicos relacionados

RR Donnelley   /    Demissões   /    Juventude

Comentários

Comentar