Educação

ÚLTIMO MOMENTO: OCUPAÇÕES EM LUTA

Estudantes de BH param a cidade neste momento para defender a educação

sexta-feira 18 de novembro| Edição do dia

Milhares de estudantes de várias escolas e universidades da região de Belo Horizonte estão desde o começo da manhã desta sexta-feira (18) realizando vários “trancaços” (fechamento da rua) em importantes avenidas da cidade. Estudantes das escolas e universitários que estão ocupando seus locais de estudos e trabalho se uniram nestes trancaços para protestar contra a PEC 241 - ou PEC 55 –, a reforma do ensino médio e para mostrar e chamar a população trabalhadora a se unir e apoiar a juventude que hoje está ocupando suas escolas e universidade para defender a educação frente aos ataques do governo golpista do senhor (Fora) Temer, do PMDB.

Pelo menos as Avenidas Vilarinho, Carlos Luz, Antônio Carlos (na região da Pampulha, norte da cidade) e a avenida do Contorno (central) se encontram trancadas neste momento. Na Escola EE. Maria Carolina (Venda Nova, BH) os estudantes foram surpreendidos por um grupo violento que queria acabar com a luta desocupando a escola à força. Mesmo que este grupo estava usando de xingamentos e ameaças violentas os estudantes não se intimidaram e a ocupação segue firme e forte. Golpistas e defensores deste projeto que vai atacar profundamente não só a educação dos filhos da maioria da classe trabalhadora e do povo, mas também a saúde e os direitos de todos, NÃO PASSARÃO!

Sobre o trancaço, João, estudante da escola Maria Muzzi Guastaferro declarou ao Esquerda Diário: “Infelizmente a grande mídia não vai mostrar isso porque é muito tendenciosa e comprada por um governo golpista e não só o governo, mas toda a história política foi comprada para que a mídia movesse a grande massa sem senso crítico e político e não pensasse sobre isso. Ainda bem que a mídia alternativa vem fortalecendo nossa causa e vem ganhando grande proporção na internet. E é isso aí, nós vamos ocupar e resistir!”.

Às 10:50 recebemos a informação de que a Polícia Militar acaba de usar spray de pimenta contra estudantes que se manifestam na avenida Andradas, em frente à Praça da Estação. As manifestações seguem ocorrendo e os estudantes pedem a todos que se somem a elas para ajudar.

Veja algumas fotos dos trancaços abaixo. Seja parte da mídia alternativa, da juventude em luta, dos trabalhadores e independente, enviei notícias e fotos da sua ocupação para o Esquerda Diário.

Atualizada às 11:00




Tópicos relacionados

Educação   /    Belo Horizonte   /    Juventude

Comentários

Comentar