Internacional

CHILE

Estudantes da USACH marcham contra a repressão e violência de Carabineros

Nesta quarta-feira (24), as e os estudantes da Universidade de Santiago do Chile (USACH) realizaram uma manifestação interna denunciando a brutal repressão realizada pelos Carabineros (polícia militar nacional chilena), que ocorreu nesta terça-feira na universidade.

domingo 28 de abril| Edição do dia

A brutal repressão de Carabineros contou com espancamentos, feridos e detidos durante a jornada da última terça-feira, que foi parte da primeira jornada estudantil do ano.

Durante a terça-feira, milhares de jovens saíram em marcha exigindo diversas demandas, como educação gratuita e de qualidade, fim do endividamento, o rechaço à violência machista, e colocando no centro outras reivindicações como o repúdio à repressão policial, em apoio às demandas do povo mapuche e o rechaço à TPP-11.

A manifestação foi reprimida durante e depois da marcha, culminando com a invasão de Forças Especiais de Carabineros à Universidade Santiago do Chile (USACH), que passaram por fora das salas de aula com armamentos de guerra. Diante disso, estudantes de distintos cursos da universidade convocaram uma marcha contra a repressão para o dia seguinte, quarta-feira, repudiando a invasão de Carabineros e contra a violência policial.

Veja as fotos da marcha:




Tópicos relacionados

Juventude    /    Chile   /    Repressão   /    Universidade   /    violência policial   /    Internacional

Comentários

Comentar