Educação

EM APOIO ÀS GREVES

Estudantes da UFRGS trancam ruas em Porto Alegre contra Marchezan e Sartori

Nesta terça (17) o Comitê de mobilização da UFRGS contra Marchezan e Sartori organizou uma manifestação no centro de Porto Alegre. Além dos estudantes da UFRGS, secundaristas e professores em greve estiveram no trancasso.

terça-feira 17 de outubro| Edição do dia

Para unificar o ódio contra os ataques dos governos e da reitoria da universidade, o Comitê de mobilização da UFRGS contra Marchezan e Sartori organizou nesta terça-feira em Porto Alegre uma manifestação trancou as ruas do centro.

No mesmo dia em que, mais uma vez, o governo Sartori recebeu os professores sem nenhuma proposta concreta à categoria, e que os municipários reafirmaram a força da sua luta contra Marchezan em grande assembleia, os estudantes da UFRGS deram exemplo de apoio ativo às lutas em curso.

É claro que Temer não poderia ficar ileso. Na manifestação, os estudantes queimaram um boneco de três cabeças, ilustrando os governantes que querem fazer com que a classe trabalhadora, a juventude e o povo pobre pague pela crise: Temer, Marchezan e Sartori.






Tópicos relacionados

Marchezan   /    Sartori   /    Porto Alegre   /    Educação   /    Juventude

Comentários

Comentar