Educação

PROFESSORES RIO GRANDE DO SUL

Estudantes da UFRGS se organizam em apoio aos professores em greve

Nesta quarta (28), o Centro Acadêmico dos Alunos de Filosofia da UFRGS organizou uma roda de conversa com os professores em greve, com o objetivo de erguer um comitê em apoio à greve dos professores e em defesa da educação pública. Estudantes de diversos cursos participaram e, a partir da reunião, convocam ações para fortalecer essa luta.

quarta-feira 27 de setembro| Edição do dia

Dezenas de estudantes participaram da roda de conversa com os professores em greve, onde foi discutida situação da crise no estado, a batalha em curso contra Sartori e os ataques que vem sofrendo esse setor a nível estadual, municipal e federal.

A greve dos professores do Rio Grande do Sul segue forte e com grande apoio das comunidades escolares. Organizar esse apoio e tornar a greve uma verdadeira causa popular, se inspirando também nessa luta foi um dos objetivos da ação convocada pelo CADAFI.

Os professores relataram os elementos de espontaneidade e combatividade presentes na greve, o que não se via na categoria com essa magnitude desde 2015. Falaram da necessidade dessa luta se massificar na sociedade gaúcha, e da importância do apoio de outros setores e da unidade para enfrentar os ataques de Sartori, Temer, Marchezan e a direita contra a educação.

Os estudantes deliberaram convocar, nos diversos cursos representados na atividade, o ato estadual unificado dos servidores públicos contra Sartori. Assim, chamam a construir um bloco dos estudantes da UFRGS na marcha dos professores, que sairá do Gigantinho após a assembleia da categoria marcada para as 08h, e encontrará o restante dos servidores no Largo Glênio Peres.

Além disso organizarão campanhas financeiras e atividades culturais para difundir o apoio à greve e contribuir com o fundo de greve da categoria.




Tópicos relacionados

Sartori   /    UFRGS   /    Greve Professores RS   /    Porto Alegre   /    Educação

Comentários

Comentar