GEORGE FLOYD

“Estou com medo”: Novo vídeo mostra George Floyd sendo agredido antes de ser assassinado

As novas imagens, de uma câmera fixada no corpo de um dos oficiais mostra a abordagem desde seu início, agressões, e a súplica de George Floyd antes de ser imobilizado pelo supremacista branco Derek Chauvin.

quarta-feira 5 de agosto| Edição do dia

A filmagem completa de uma bodycam (câmera atrelada ao corpo) de um dos policiais que prendeu George Floyd mostra novas imagens, nas quais Floyd é brutalmente agredido antes de ser imobilizado do Derek Chauvin, o policial supremacista branco que o assassinou.

As imagens mostram o oficial Thomas Lane, abordando Floyd, que ainda estava dentro de seu carro. O policial aponta um revólver no rosto de Floyd e o ameaça. Floyd foi algemado e agredido antes de ser levado até outra viatura, onde foi depois imobilizado e assassinado.

É possível ouvir Floyd suplicando para não ser trancafiado na traseira da viatura. “Eu sou claustrofóbico”, ele diz. Depois de receber ameaças, ele ainda diz que estava “com medo”. As imagens são fortes, e geraram enorme revolta ao redor do mundo, ao revelar que a abordagem dos policiais foi brutal do início ao fim.

Veja aqui o vídeo em publicação do NBC News:

O advogado da família de George Floyd disse que a filmagem demonstra claramente que Floyd não representou uma ameaça em momento algum. E de fato, o que se vê é ele assustado, claramente sabendo que sofria uma abordagem ultra racista, que depois culminou no seu assassinato.

Floyd apenas diz “por favor não atire em mim, eu não sou um cara mal”.

As imagens são mais uma revelação que mostra o caráter não apenas da polícia de Minneapolis, mas da polícia como um todo, racista e assassina.

As ruas dos EUA seguem fervendo com a luta antirracista.

Sem justiça, sem Paz!




Tópicos relacionados

Racismo Policial   /    Justiça para George Floyd   /    George Floyd   /    Racismo   /    Racismo EUA

Comentários

Comentar