Teoria

PARAÍBA

Esquerda Diário participará de atividades sobre a conjuntura do golpe institucional e minicurso em Guarabira (PB)

Ante o cenário da consolidação do golpe institucional realizado no Senado Federal, que culminou na perda do mandato da Presidenta Dilma Rousseff, o Esquerda Diário, a convite do Projeto de Extensão Espaço Social: Identidades, Memórias e Culturas, estará realizando em Guarabira/Campus III da UEPB, entre os dias 09 e 10 de Setembro de 2016, Conferência acerca da conjuntura pós golpe institucional no Brasil e um minicurso sobre “As contribuições de Gramsci para Análise da Amércia Latina”.

terça-feira 6 de setembro| Edição do dia

Esta conferência e o minicurso, dando continuidade, assim, as atividades que vêm sendo empreendidas pelo Esquerda Diário pós golpe Institucional, no nordeste como a discussão bastante frutífera acerca do desfecho do golpe que ocorreu junto à Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Serra Talhada-PE (FACHUST), no último dia primeiro a ativa participação que tivemos no dia 02 de setembro no ato em Campina Grande (PB) que culminou como em outras cidades do pais com repressão por parte do governo golpista de Temer.

Nesse sentido, ocorrerá no dia 09 de setembro, às 15:30h, junto ao Auditório do Centro de Humanidades do Campus III da UEPB, a Conferência com o tema “Brasil: Conjuntura Política Pós Golpe Institucional”. Na ocasião, a palestrante, Shimmeny Wanderley do Práxis-UFCG e do staff de Esquerda Diário, fará uma intervenção na qual criticará claramente o golpe institucional, diferenciando da política fracassada do PT, da CUT, PCdoB e UNE, chamando, então, a realizar um balanço político e tirar lições do que significou a ausência de resistência dos hoje ex-governistas. Também se refira entre outras a que a crise política que os golpistas pensavam fechar com impeachment se reabre na super-estrutura política quando Renan Calheiros articula até 19 senadores para não cassar os direitos políticos da já ex-presidente gerando uma crise nas alturas com o PSDB assim como a crise que se abre nas ruas, mais importante ainda. Enfim denunciará a política do PT da defesa política das Diretas Já ! para fortalecer o regime e repactuar com a direita entre outros elementos da conjuntura do pais que levantará.

O Minicurso “As contribuições de Gramsci para Análise da Amércia Latina” será ofertado no dia 10 de setembro, às 09h, junto ao Mini-Auditório do Centro de Humanidades, também no Campus III da UEPB, coordenado por Danilla Aguiar, Janaina Freire e Nivalter Aires todos do PPGC-UFCG/Esquerda Diário.

Espera-se assim, que os debates acerca do momento atual se ampliem para que haja luta e resistência contra o golpe institucional, pontuando que o governo Temer fechou uma crise política para abrir outra, a das ruas, gerando uma forte e juvenil mobilização não simplesmente aparelhada pelo lulismo. Ante a situação de impopularidade de Temer e as fortes repressões policiais que vêm ocorrendo em todo o Brasil por causa das manifestações, faz-se necessário lutar por uma saída, qual seja, a de uma constituinte livre e soberana produto da mobilização popular que se conquistará organizando outros junhos.




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Campina Grande   /    Gramsci   /    Teoria

Comentários

Comentar