Educação

Esquerda Diário obriga Secretaria de Educação de SP a explicar erro no pagamento de professores

segunda-feira 1º de outubro| Edição do dia

Após denúncia feita pela diretora da Apeoesp pela oposição (Movimento Nossa Classe Educação), Marcella Campos, pela via do portal Esquerda Diário, a assessoria de imprensa da secretaria de Educação do estado de São Paulo procurou site para tentar se explicar sobre o erro no pagamento dos salários de centenas de professores.

Segunda assessoria de imprensa o erro será corrigido e os professores receberão normalmente, mas ainda hoje, segunda-feira, os professores que acessaram o portal que disponibiliza previamente o holerite perceberam que o erro persiste.

Em suas páginas nas redes sociais o governador do estado de São Paulo, Márcio França do PSB, também tentou desmentir os professores, que indignados denunciaram o aviso das diretorias de ensino de que não receberiam no próximo dia 5.

Na última quinta-feira as diretorias de ensino alegaram que o erro no sistema era somente para os professores categoria O, os contratados, mas com passar do dia foram chegando relatos de professores categoria F, estáveis, e também efetivos com o pagamento errado.

Nesta segunda-feira as diretorias de ensino informaram que o erro no sistema SED (Secretaria Escolar Digital) afetaria todos os professores, independente da categoria, que lecionam em aulas de substituição de outros professores licenciados ou afastados.

O número de afastamentos de professores por problemas de saúde, devido a falta de estrutura e precariedade dentro das escolas, é enorme, como é sabido por todos, ou seja, o número de substituições também consequentemente. Desta maneira o erro no pagamento atesta uma grande parcela da categoria.

Já o sindicato dos professores, Apeoesp, até o momento não levou a frente nenhum tipo de enfrentamento para que os professores tivessem garantias de que receberão seus salários devidamente.

Enquanto isso nas escolas o clima é de desconfiança e confusão, já que cada diretoria de ensino, diretor de escola e órgão do governo informam coisas diferentes sobre os prazos para o recebimento dos salários.




Tópicos relacionados

Marcio França   /    Crise na Educação   /    Nossa Classe Educação   /    Professores São Paulo   /    Educação   /    Educação   /    Professores

Comentários

Comentar