Internacional

ESPANHA

Espanha: “Não passarão!”, população expulsa neonazistas de uma concentração islamofóbica

Centenas de manifestantes saíram às ruas de Barcelona, Espanha, para expulsar os manifestantes de uma concentração islamófobica convocada na Rambla.

sexta-feira 18 de agosto| Edição do dia

No dia seguinte após os brutais atentados de ontem, 17, de Barcelona e de Cambrils, grupos de extrema direita, como a Democracia Nacional e La Falange, convocaram uma concentração para essa sexta-feira, 18, pela tarde, em frente ao tradicional mercado La Boquería.

Com os lemas “terroristas não são bem-vindos” e “stop islamização da Europa” e reunindo não mais que trinta pessoas, como é habitual, seu objetivo era difundir suas ideias islamofóbicas e racistas.

A resposta veio dos coletivos antifascistas e antirracistas de Barcelona, convocando para o mesmo dia uma manifestação que contou com a presença de mais de 300 pessoas gritando “fora fascistas” e lançando ovos. Por fim a polícia interviu e escoltou os grupos de extrema direita.

Essa foi uma importante e primeira resposta ao clima que partidos de direita e grupos racistas e xenófobos estão gerando contra a classe trabalhadora e a população imigrante, estigmatizando a comunidade árabe e/ou muçulmana com brutais ataques como os que viveram hoje. Mesquitas, comércios e apartamentos dos bairros de maior concentração imigrante foram palco de ataques com pichações racistas e islamofóbicas.




Tópicos relacionados

Internacional

Comentários

Comentar