Sociedade

RACISMO E CENSURA NA EBC

Esculachada por Pedro Cardoso, EBC mantém censura e ataque ao direito de greve

Após escândalo causado pelo ator Pedro Cardoso, que esculachou o diretor da Empresa Brasileira de Comunicação por racismo e se retirou do programa em apoio à greve dos funcionários, a emissora EBC levou ao ar uma tentativa de esclarecimento que só piorou a situação.

sexta-feira 24 de novembro| Edição do dia

Conforme denunciamos aqui no Esquerda Diário, o ator e escritor Pedro Cardoso esteve na EBC, no programa ironicamente denominado “Sem Censura”, no qual declarou que foi surpreendido por uma greve dos funcionários da emissora ao chegar e por esse motivo não participaria do programa. Antes de se retirar, o ator ainda esculachou o diretor da empresa, que havia tecido comentários racistas contra a também atriz Tais Araújo, conforme já denunciamos aqui.

Depois do ocorrido, a EBC, numa tentativa frustrada de se explicar, leu uma nota de esclarecimento no programa “Repórter Brasil”. Porém, no momento em que a âncora termina a leitura da nota e diz que a emissora respeita o direito de greve dos funcionários, é cortada e não a deixam sequer terminar a frase, reforçando e confirmando não somente o desrespeito ao direito de greve, mas também a prática da censura. Felizmente para nós e para infelicidade da EBC, no caso do programa no qual participou Pedro Cardoso, como é transmitido ao vivo, não foi possível censurá-lo.

Em nota, página dos grevistas da EBC no Facebook afirma que “A EBC não respeita de fato o direito de greve ao permitir que suas chefias assediem os trabalhadores parados que também são ameaçados de perderem suas gratificações de função e terem salários cortados de maneira intransigente”. Além disso, os trabalhadores denunciam também que já é pratica corrente a censura na emissora: “TODOS os trabalhadores da EBC sabem que existe censura em reportagens na TV, rádio e web para que não haja nenhum tipo de crítica ao governo”, afirmam. Isso demonstra como a censura é política e visa esconder qualquer posicionamento contra as posturas racistas da direção da EBC ou seu apoio ao governo golpista de Temer.

Abaixo o racismo e a censura da direção da EBC!

Todo apoio à greve dos funcionários da EBC, que sofrem os ataques do governo golpista de Temer!




Tópicos relacionados

Censura   /    Fora Temer   /    Televisão   /    Sociedade   /    Racismo   /    Negr@s

Comentários

Comentar