Política

JUDICIÁRIO

Enquanto veta candidatura de Lula, TSE golpista anula cassação de Pezão e Dornelles

Decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contraria a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que pedia cassação da chapa do governador Pezão e de seu vice Dornelles.

sexta-feira 31 de agosto| Edição do dia

Foto: Wilson Junior/Estadão

Um dia antes da sessão que decidirá sobre a continuidade da campanha eleitoral de Lula na TV, o TSE dá mais um passo pra escancarar sua seletividade, anulando a cassação do chapa do atual governador do estado do Rio, Luiz Fernanda Pezão e Fernando Dornelles.

A decisão vem na mesma semana em que a justiça mandou soltar o filho de Picciani e a mulher do ex-governador Sérgio Cabral. A lava-jato, enquanto fecha o cerco contra a candidatura de Lula, primeiro colocado nas pesquisas, se mostra totalmente seletiva contra outros partidos. Isso mostra como a lava-jato não está aí para combater a corrupção, está para que uma casta privilegiada de juízes escolha o presidente a dado.

O estado do Rio é um dos estados em que a crise econômica é mais aguda, muitos servidores ficaram muito tempo sem receber e o governador Pezão junto com Temer aplicou uma série de ataques como a privatização da CEDAE e o aumento da contribuição previdenciária. Se apoiando na indignação do povo fluminense, o judiciário promoveu uma série de ações contra cúpula do PMDB, apenas com o intuito de legitimar o golpe levado adiante.

Nós não apoiamos o voto no PT, mas quem deve escolher em que o povo vai votar é o próprio povo, não esse judiciário golpista!




Tópicos relacionados

Luiz Fernando Pezão   /    Crise no Rio de Janeiro   /    "Partido Judiciário"   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar