Política

PRIVILÉGIO DOS JUÍZES

Enquanto servidores do Rio tem salários congelados, juízes têm aumento em benefícios

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) gastou 642 milhões de reais ano passado em benefícios a juízes.

sexta-feira 31 de agosto| Edição do dia

Enquanto o governo do estado congela salários de professores e outras categorias, o custo com juízes só faz aumentar. Em nove anos, o gasto com benefícios de juízes aumentou em dez vezes. O estado do Rio, gasta, em média, R$ 59 mil por mês, quase 4x mais que os servidores da justiça, que custam em torno de R$17 mil por mês. Além do seu altíssimo salário, os juízes tem uma série de outros privilégios como auxílio-moradia.

No caminho oposto dos juízes, os gastos com os trabalhadores são cada vez menores. Grande parte das categorias estão com seus salários congelados devido ao Regime de Recuperação Fiscal imposto por Temer e Pezão, que contam com o respaldo dessa justiça. Ano passado inclusive, muitos servidores ficaram sem receber e a UERJ ficou muito tempo sem poder ter aulas.

É essa mesma casta que aprovou a terceirização irrestrita e que impede o direito do povo votar em quem quiser é a mesma que recebeu de Temer um aumento para ganhar agora ‘míseros’ 39 mil reais enquanto atacam os direitos dos trabalhadores.

Ao Esquerda Diário, Carolina Cacau, estudante de Serviço Social da UERJ e militante do MRT disse:
“É um absurdo que esse mesmo judiciário que aprova a terceirização irrestrita e impede o direito do povo votar em quem quiser possa manter seus privilégios. Todos os juízes devem ser eleitos e revogáveis e ganhar o mesmo que uma professora, sem privilégios. Além disso, todos os casos de corrupção deveriam ser julgados por júri popular.”




Tópicos relacionados

Direito do povo decidir em quem votar   /    "Partido Judiciário"   /    Poder Judiciário   /    Política

Comentários

Comentar