Sociedade

SAÚDE RIO DE JANEIRO

Enquanto aumenta sua verba para viajar, Crivella destrói SUS em nome da crise

O bispo prefeito, Marcelo Crivella (PRB), aumentou em 47% o valor das diárias para suas próprias viagens e de seus colaboradores, enquanto isso não há dinheiro para saúde por conta da crise.

sexta-feira 10 de novembro| Edição do dia

O bispo prefeito, Marcelo Crivella (PRB), aumentou o valor das diárias para suas próprias viagens e de seus colaboradores. Fez um reajuste de 47% nas diárias de viagem, justificando que se trata de correção da inflação, já que os valores seriam os mesmos desde 2011.

O prefeito parece estar bem preocupado em cuidar das pessoas de sua gestão, garantindo que viagem com conforto e frequência. Pessoas que não por coincidência são muitas de sua própria família e da Igreja Universal. Ele mesmo já viajou pra fora do país sete vezes desde que foi eleito.

Enquanto isso o cuidado da população que precisa de saúde pública é negado. Funcionários das clínicas da família estão em greve contra o desmonte do SUS. Crivella que atrasou pagamento de salários e não liberou verba para abastecer as farmácias, também tem demitido funcionários e alegou que não tem verba para saúde pro ano que vem.

Os trabalhadores da saúde seguem mobilizados mesmo após terem sido reprimidos e impedidos de participar de uma sessão na ALERJ que tratava do tema do financiamento da saúde no município.

Técnicos e médicos já estão em greve, os agentes de saúde decidem sobre a adesão na assembleia da categoria de amanhã. Hoje os trabalhadores da saúde chamam um ato em frente a prefeitura as 14h, neste dia nacional de luta contra as reformas.

Fonte da foto: O Globo




Tópicos relacionados

Marcelo Crivella   /    Crise no Rio de Janeiro   /    Sociedade   /    Saúde

Comentários

Comentar