Sociedade

"GESTOR" CORRUPTOR

Enquanto Guarulhos sofre com desemprego, saúde e transporte, prefeito é acusado de caixa 2

O empresário Décio Pompeo acusa que a campanha do prefeito prefeito Gutti (PSB) usou caixa dois do qual teria se beneficiado.

segunda-feira 25 de junho| Edição do dia

O prefeito Gutti (PSB), que a exemplo de figuras como Dória e Trump, também se utilizou do rótulo de “empresário-gestor” para passar a falsa imagem de novo na política agora vê sua máscara caindo frente a denúncia de caixa 2 feita por outro capitalista, certamente, fruto de rixas acerca da repartição de cargos e verbas públicas.

O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S. Paulo, onde Pompeo admitiu acerto com agentes da campanha de Gutti para que o jornal GuarulhosWeb bancasse uma pesquisa eleitoral. Ele afirma que o veículo recebeu, por fora, pagamentos para a pesquisa.

As transações que jornal “O Estado” teve acesso revelam pagamentos de R$ 150 mil de pessoas físicas e uma loja de essências. De acordo com empresário que faz a denúncia, os valores foram acertados por fora do que foi declarado oficialmente, em reunião de representantes do então candidato Gutti e o dono do GuarulhosWeb para bancar a pesquisa.

Esse fato apenas confirma que quando se trata de corrupção, empresários e políticos burgueses usam dos mesmos métodos para benefícios próprios, e ainda que tentem pousar de “isentos gestores” por fora da “velha forma de se fazer política”, não há nenhuma novidade na demagogia capitalista para enriquecer as custas do povo trabalhador.

Enquanto Gutti goza dos privilégios de um político burguês encastelado no comando da prefeitura da segunda maior cidade do estado de São Paulo, as promessas do “gestor”, também não surpreendentemente, não foram cumpridas e a população da cidade segue sofrendo como sempre com a saúde dos postos de atendimentos e do Hospital Geral em condições precárias e sem investimentos para acabar com as filas de meses.

O desemprego histórico com fechamento de várias fábricas e empresas onde os trabalhadores sofrem com a demissão em massa. Além do transporte, o problema mais agudo da cidade, que além de ser um dos mais caros do país que só beneficia os empresários dos transportes, segue com poucas linhas, com grande demora e na maioria lotadas, como as que levam para o aeroporto, mesmo sendo a maior estrutura da cidade que chega a empregar 30mil trabalhadores que circulam ao longo de 24horas e sofrem com os micro-onibus caros e superlotados há décadas e nunca nenhum político se deu o trabalho de rever a situação.

O Esquerda Diário seguirá apurando o desenlace deste caso para informar os trabalhadores da cidade de Guarulhos desde o ponto de vista da maioria da população. Se você tem alguma denúncia sobre casos no seu local de trabalho, moradia ou estudos, nos escreva que publicaremos sua voz.




Tópicos relacionados

PSB   /    Guarulhos   /    Aeroportos   /    Sociedade   /    Política

Comentários

Comentar