Educação

GREVE DOS PROFESSORES

Engenheiros de São Paulo aprovam greve contra o Sampaprev de Dória

quarta-feira 14 de março| Edição do dia

Foto: Beatriz Arruda/Comunicação SEESP

Os engenheiros da prefeitura Municipal de São Paulo aprovaram greve nesta terça-feira (13) em protesto ao Sampaprev de Dória, que modifica o regime previdenciário dos servidores, elevando em até 19% suas contribuições.

Em assembleia extraordinária na tarde desta segunda-feira (12) os engenheiros reunidos no Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (SEESP) decidiram por unanimidade entrar em greve contra o Projeto de Lei 621/2016.

Este PL institui o Regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo, conhecido como Sampaprev, que na prática é a reforma da previdência aplicada para os servidores municipais, ou seja, aquilo que Temer não conseguiu implementar a nível nacional, o Dória quer fazer na prefeitura de São Paulo. O projeto de lei retira a isenção dos aposentados e os descontos poderão chegar a 19% do salário.

Pode te interessar: Dória desafia professores da cidade em greve e reafirma plano de atacar a aposentadoria

No último 8 de março, Dia Internacional da Mulher, os engenheiros já haviam paralisado suas atividades por 24 horas, se somando com os servidores municipais e também os professores do município que também estão realizando uma importantíssima greve.

Veja mais aqui: Greve dos professores municipais de SP: quais os próximos passos?

No informativo enviado para categoria o SEESP ressalta "a adesão de todos os engenheiros ao movimento, em conjunto com os demais servidores municipais e professores, é de fundamental importância para pressionarmos o prefeito e os vereadores a não aprovarem um PL que nos subtrai salários e direito previdenciário, comprometendo tanto o nosso presente como o nosso futuro”.




Tópicos relacionados

Greve Professores Municipais SP   /    Sampaprev   /    Professores São Paulo   /    João Doria   /    Educação   /    Professores   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar