Política

TOCANTINS

Empresário ataca assentamento em Tocantins derrubando casas com serra elétrica

Um assentamento em Barra do Ouro, norte de Tocantins, foi atacado a mando de um empresário, e teve casas derrubadas com uma serra elétrica. Famílias ocupam o terreno a mais de 50 anos.

sexta-feira 27 de julho| Edição do dia

Na semana passada um assentamento em Barra do Ouro, na região norte do Tocantins foi atacado por um grupo de ‘pistoleiros’, capangas de um empresário que alega ser dono da terra. Imagens registradas pelos moradores do assentamento mostram um homem destruindo casas com umas serra elétrica.

A região onde o assentamento foi atacado, Gleba Tauá, é de conflito por terras, e os moradores denunciam que são constantemente vítimas de ameaças e intimidações dos funcionários de Emílio Binotto, o empresário que alega ser dono das terras.

Segundo o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), foram criados dois assentamentos na região de Gleba Tauá recentemente. O Incra informou que as terras são públicas, pertencem a União e estão sob gestão da Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, por meio do programa Terra Legal.

Segundo o levantamento, cerca de 20 famílias vivem na terra em Gleba Tauá a mais de 50 anos, e na última década cerca de 66 famílias passaram ocupar as terras. Foi somente em 2015 que Emílio Binotto passou a enfrentar os ocupantes, com ameaças, e avançando em parte da terra com desmatamentos.




Tópicos relacionados

Tocantins   /    Política

Comentários

Comentar