Cultura

MÚSICA E PERFORMANCE

Em tempos de descaso e superficialidade, a sensibilidade é resistência

O artista Igor Pupo esteve na Casa Rosa esse sábado apresentando seu primeiro projeto músico-performático. Conheça Melancolia.

terça-feira 16 de agosto| Edição do dia

Escondida pela repressão à nossa subjetividade, a sensibilidade e percepção nas relações e existência individual é necessária para sobreviver em um mundo cinza e guiado pela sobrevivência. São tempos sombrios, onde sentir e experimentar se transformam em atos de rebeldia.

É com esse espírito que o artista Igor Pupo apresentou na Casa Rosa, em Campinas, o projeto Melancolia. Em voz e violão, interpretou uma série de doze canções autorais, intercaladas e conectadas por ações performáticas que se desenvolvem construindo um enredo poético.

Fotos por Luiza Schil

A experiência de Melancolia é um mergulho, sentimental e reflexivo, em temas como a solidão, o medo, a nostalgia, a expectativa, o amor, a revolta. Para se envolver nesse processo de entrega aos nossos mais profundos sentimentos, conheça o trabalho de Igor Pupo através do canal do YouTube e do SoundCloud.




Tópicos relacionados

Cultura   /    Juventude

Comentários

Comentar