USP

Em jogo eleitoral contra o PSDB de Dória, Marcio França veta projeto que destina 48 milhões para contratação no HU da USP

sexta-feira 6 de julho| Edição do dia

O governador Marcio França enviou à Assembleia Legislativa de SP (Alesp) veto ao projeto de lei nº367/18 que alterava o grupo despesa de custeio para pessoal, permitindo que a verba dos royalties do petróleo fosse utilizada para contratação de funcionários no Hospital Universitário da USP.

O Veto foi publicado hoje no Diário Oficial, veja foto abaixo.

França justifica seu veto com um argumento técnico. Diz que o projeto tem um “vício de origem, que significa que foi criado por quem o aprovaria, os próprios deputados reunidos na Alesp. Mas o verdadeiro motivo de França é não deixar que o PSDB e, portanto, seu concorrente na disputa ao governo de SP, João Dória, capitalize essa medida que beneficiaria meio milhão de pessoas na região do Butantã. Nos cálculos desses políticos da ordem, são meros eleitores, a saúde e a viabilidade do hospital são o que menos importa. Marcio França atuou com o PSDB durante anos e rompe agora para disputar as eleições.

Os trabalhadores do HU e de toda a universidade, assim como os estudantes e moradores seguem atentos cada passo do governo e da reitoria.




Tópicos relacionados

Hospital Univeristário da USP   /    SINTUSP   /    Luta contra ajustes na USP   /    Saúde   /    USP

Comentários

Comentar