Política

RACISMO

Em culto, deputado racista tio de Damares diz que não voaria em avião pilotado por cotista

segunda-feira 20 de julho| Edição do dia

Tio de Damares, o deputado estadual Josué Bengston (PTB-PA) professou racismo durante culto em sua igreja, dizendo que jamais voaria em um avião pilotado por um cotista. O deputado pastor teve a coragem, ainda por cima, de afirmar que é por causa das cotas que tem aviões caindo. Vindo do Tio da reacionária Damares Alves, era de se esperar tamanho racismo, que é professado, aliás, por diversos pastores apoiadores de Bolsonaro e seu governo. Veja o vídeo:

O pastor afirmou que o que vale é o "mérito", em um discurso que acoberta o racismo contra os negros, que desde a escravidão até hoje não tiveram direito à igualdade com os brancos, já que desde a abolição não tiveram direito à terra, nem as propriedades que permaneceram nas mãos dos senhores de escravo, e permanecem até hoje nas mãos daqueles que estão por trás de Damares Alves, do pastor-deputado e de Bolsonaro.

Enquanto um trabalhador branco ganha 68% a mais do que um trabalhador negro em média, um pastor ganha muito mais ainda professando mentiras no púlpito, incentivando o racismo que divide a classe trabalhadora e fortalece os lucros dos capitalistas. Para o Pastor, a igreja nada mais é do que sua fonte de lucro e é pela via dela que tem também a vida de parlamentar, cheio de regalias recebidas sem ter mérito nenhum por parte de Josué Bengston que não trabalha, vivendo das regalias de deputado e do dízimo.

Mais uma mostra como a igreja deve ser separada do Estado, que tem que ser laico sem interferência da crença individual e menos ainda de igrejas que são verdadeiros monopólios, impérios que funcionam como empresas levando o trabalhador para o abate no governo racista e anti povo de Bolsonaro que suga nosso sangue e nos deixa morrer na pandemia com promessas falsas de que pelo menos haveria alguma salvação no além mundo.




Tópicos relacionados

Extrema-direita   /    Racismo   /    Política

Comentários

Comentar