Sociedade

BRUMADINHO

Em MG, manifestantes protestam contra a Vale e exigindo justiça pelas mortes em Brumadinho

Um grupo de manifestantes se reuniram nesta sexta (13) na entrada da cidade de Brumadinho em protesto contra a empresa Vale e exigindo justiça pelo crime ambiental que causou centenas de mortes na tragédia do início do ano.

sexta-feira 13 de dezembro de 2019| Edição do dia

Os manifestantes iniciaram o protesto na entrada da cidade, usando nariz de palhaço e com placas e cartazes escritos “Vale Assassina” e com exigência de justiça pela mortes de centenas de moradores e trabalhadores da região. Em seguida os manifestantes seguiram em marcha até a Câmara Municipal dos vereadores da cidade.

Já são mais de 10 meses desde o rompimento da barragem e a empresa Vale ainda segue impune por este crime ambiental que resultou na morte de mais de 250 pessoas, pela perda de bens dos moradores e destruição do meio Ambiente. Recentemente a Vale cortou o auxílio emergencial que os moradores ao arredores da barragem recebiam desde a tragédia, passando a receber apenas 50% do valor que era recebido anteriormente.

Esse grave crime ambiental demonstra que os interesses capitalistas e imperialistas sobre os recursos naturais têm por consequência os cortes sucessivos, a falta de segurança, e a gerência visando somente o lucro, em detrimento da população e do meio ambiente.

É necessário defender que os moradores da região continuem recebendo o auxílio completo por tempo indeterminado, ou até que a região seja reparada completamente. Além disso, levantar a bandeira de re-estatização da Vale é urgente, sob um modelo de gestão operária e controle popular, pois somente se livrando da ganância desmedida dos capitalistas que controlam o setor estratégico da mineração, e entregando este à classe trabalhadora é que futuras tragédias poderão ser evitadas, e as que já ocorreram, atendidas e reparadas.




Tópicos relacionados

Brumadinho    /    Vale    /    Sociedade   /    Meio Ambiente

Comentários

Comentar