REINTEGRAÇÃO NO RS

Em Caxias do Sul, cerca 20 famílias tem suas casas destruídas

Reintegração de terreno em Caxias do Sul deixa dezenas de famílias desabrigadas, escancarando a crueldade contra aqueles que lutam pelo direito digno à moradia.

quarta-feira 12 de setembro| Edição do dia

Nesta quarta-feira, 12, cerca de 20 famílias moradoras do Loteamento Vila Verde II, tiveram suas casas destruídas com todos seus pertences dentro. Algumas ocupavam o terreno a mais de seis anos.

As famílias foram expulsas em resposta à uma ação judicial de desocupação do terreno. Segundo o advogado que representa os donos da área ocupada; o processo judicial tem cerca de 10 anos.

Inicialmente o número de casas na área estava entre 150 e 200, mas a maioria deixou o local devido à notificação judicial. Apenas 20 famílias permaneceram no local, uma vez que não possuíam condições econômicas para se mudarem, devido a completa omissão da prefeitura. Agora, essas famílias que tiveram suas casas destroçadas não possuem nada e buscam abrigo entre familiares e amigos.

O governo Guerra, desde o início escancarou uma política ligada aos interesses dos empresários locais. Desabrigar famílias para desocupar um terreno privado que não estava sendo utilizado, é uma medida desumana. O ocorrido escancara também a função que o judiciário exerce dentro do Estado burguês, desempenhando um papel que garante os interesses dos capitalistas e jogando na rua os trabalhadores como se suas vidas fossem descartáveis.




Tópicos relacionados

Caxias do Sul   /    Reintegração de Posse   /    Moradia

Comentários

Comentar