Mundo Operário

DIA INTERNACIONAL DA ENFERMAGEM

Em Belém, trabalhadores da saúde do HU Barros Barreto exigem condições de trabalho

No dia internacional da enfermagem, trabalhadores da saúde do Hospital Universitário Barros Barreto, em Natal, realizam ato para exigir condições dignas de trabalho no combate à pandemia.

terça-feira 12 de maio| Edição do dia

Hoje, no o dia internacional da enfermagem, dessas trabalhadoras e trabalhadores que são linha de frente no combate à pandemia, os trabalhadores do HU Barros Barreto saem à rua para protestar por condições de trabalho e vida. São estes, também, que trabalham com condições brutalmente precárias, sendo expostos à contaminação.

No Brasil da subnotificação, centenas de trabalhadores da saúde já morreram, ultrapassando Espanha e Itália juntas. Todas as áreas dos hospitais, expostas à contaminação, seguem sem as condições necessárias para preservar essas vidas. O país segue sem fazer os testes necessários para sairmos das trevas no combate ao coronavírus.

Bolsonaro, junto com seus apoiadores mais fascistas, segue atacando a saúde. As cenas de sua horda de apoiadores é absurda, atacam uma enfermeira e seguem ensandecidos pelo país, esbravejando em defesa do lucros dos capitalistas e do aumento da militarização. Os governadores, prefeitos, Judiciário e Congresso, não podem resolver esta situação, pois seguem colocando os interesses patronais à frente das nossas vidas, atacando direitos e flexibilizando políticas de financiamento.

Sejamos intransigentes na defesa dos que estão na linha de frente no combate à pandemia. Hoje, os trabalhadores da saúde do HU da USP, farão um ato em homenagem a estes trabalhadores, com balões brancos e pretos, simbolizando os mortos e com suas faixas remarcando suas demandas. Também, farão um minuto de silêncio como símbolo da nossa classe nessa batalha. Acompanhe, aqui, pelo Esquerda Diário.




Tópicos relacionados

#LuteComoUmaEnfermeira   /    Dia internacional das enfermeiras e enfermeiros   /    COVID-19   /    Coronavírus   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar