Educação

SINDICATO DOS PROFESSORES EM SÃO PAULO

Eleição da APEOESP: Oposição na frente da burocracia de PT e PcdoB na capital e grande SP

sábado 27 de maio| Edição do dia

Um fato inédito está ocorrendo nas eleições da APEOESP, sindicato dos professores estaduais de São Paulo, um dos maiores da América do Sul. Faltando apurar apenas 594 das 1844 urnas a Chapa 3 da Oposição Unificada, da qual os Professores pela Base integrado pelo MRT e independentes faz parte, está na frente da Chapa 1, composta pela burocracia do PT e do PCdoB, com Maria Izabel Noronha, a “Bebel” à frente. Na capital a Chapa 3 está com 56,34% contra 31,74% de votos na Chapa 1. Na grande SP a diferença é ainda maior. São 62,30% de votos na Chapa 3, contra 26,71% na Chapa 1. Veja a parcial completa aqui.

Essa é a demonstração do desgaste da direção de décadas por parte da burocracia sindical do PT e do PCdoB, e do rechaço que essa encontra entre a base dos professores. A atual ala majoritária da direção da APEOESP tem atuado sistematicamente para impedir que a luta dos professores saia de seu controle burocrático. O último exemplo foi o impedimento de que os professores fossem à Brasília lutar contra as reformas e o golpista Temer no último dia 24, por não quererem postergar as eleições sindicais que se iniciaram no dia 25 de maio.

“Está na hora de retomar a APEOESP como uma ferramenta de luta, que esteja a serviço dos professores, e não de interesses próprios dessa burocracia que há anos não entra em uma sala de aula”, afirmou Danilo Magrão, do Professores pela Base e da Chapa 3. “Os professores do estado de São Paulo precisam retomar seu histórico de lutas, e ser a linha de frente da mobilização contra os ataques, em defesa da Educação, e por uma greve geral até que caia esse governo golpista”, completou.

Veja o resultado da apuração até 18:28:




Tópicos relacionados

Eleições Apeoesp 2017   /    Apeoesp   /    Educação   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar