Política

RIO GRANDE DO SUL

Eduardo Leite e ALERGS extinguem licença-prêmio dos servidores do RS

Projeto enviado à Assembleia Legislativa para votação em segundo turno foi aprovado hoje (26) por 38 votos a 12. Ataque que havia sido encaminhado primeiramente por Sartori, teve sua consumação através do governo Leite e sua base aliada.

terça-feira 26 de fevereiro| Edição do dia

Eduardo Leite e a Assembleia Legislativa do RS atacam os servidores do estado mais uma vez nestes quase 2 meses de mandato, acabando com a licença-prêmio dos servidores. Herdam a tarefa de Sartori de descarregar a crise nas costas dos trabalhadores com atrasos de salário, intentos de privatização, de redução salarial, assim como retiradas de direito como esta.

A licença prêmio é o direito do servidor gozar de 3 meses remunerados a cada 5 anos de serviço. O projeto prevê que a licença-prêmio seja substituída por uma licença-capacitação, isto é, utilizar os 3 meses que deveria ser de descanso por estudo, pago pelo próprio professor, sem ajuda alguma do estado e apresentando obrigatoriamente comprovante da capacitação. Isso nada mais é que uma forma disfarçada de acabar com a licença-prêmio, já que a grande maioria dos professores devido a situação de calamidade financeira não terão condições de pagar por um curso.

Eduardo Leite quer patrolar os direitos dos servidores e do povo gaúcho para tentar resolver a crise do estado, enquanto mantêm intactos os privilégios dos empresários que contam com bilhões em isenções fiscais e carta branca para sonegações.

É a mesma agenda neoliberal e anti-trabalhador de Bolsonaro e Paulo Guedes que querem aplicar uma Reforma da Previdência para fazer os trabalhadores trabalharem até morrer, contando com o apoio do próprio Leite, que disse que pode vir a aprofundar a reforma.

Por trás da máscara de “bom moço” e de “governador do diálogo” está um terrível inimigo do povo trabalhador gaúcho, que está vindo com tudo para aprofundar o máximo possível a miséria dos servidores e a precarização dos serviços públicos em prol do lucro dos capitalistas.




Tópicos relacionados

Servidores RS   /    ALERGS   /    Eduardo Leite   /    Servidores Públicos   /    Rio Grande do Sul   /    Porto Alegre   /    Crise gaúcha   /    Política

Comentários

Comentar